Ao utilizar este website está a concondar com a nossa política de uso de cookies. Para mais informações consulte a nossa Política de Privacidade, onde poderá desactivar os mesmos.

OK
Sapatos Derby para Homem

Há quem atribua o uso dos sapatos derby para homem ao 12º Conde de Derby. Outros argumentam que as suas origens estão relacionadas com o 14º Conde de Derby, que teria sido um homem corpulento, com pés grandes que dificultavam o uso de botas. Por isso, o seu sapateiro inventou um estilo que inicialmente tinha uma aba aberta que o ajudava a calçar botas mais facilmente.

No entanto, estima-se que a sua primeira menção pública tenha acontecido em 1872, quando foi descrito na Revista St. Crispin como “um novo sapato para eventos formais melhor do que o Oxford”. Foi também a primeira vez que os sapatos derby foi comparado ao Oxford, algo que ainda hoje tende a acontecer em discussões relacionadas com o microcosmo do calçado.

Nos idos do século XIX, essa bota tornou-se o calçado padrão para os soldados dos exércitos europeus, mas teve o seu conforto e praticidade questionados, pois era complicado descalçá-la depois de percorrer solos molhados e lamacentos. De modo que Gebhard Leberecht von Blücher, oficial do exército prussiano, se encarregou de redesenhar o calçado dos combatentes, para que os seus homens pudessem ter um par de botas mais prático.

É aí que nascem os sapatos derby para homem como os conhecemos.

Um modelo dotado de duas abas de couro abaixo dos tornozelos que poderiam ser unidas. Essa sofisticação resultou numa abertura mais ampla para o pé e num sapato que se podia perfeitamente adaptar a qualquer pessoa.

Tornou-se num fenómeno mais ou menos rotineiro ouvir pessoas a descrever certos items de vestuário como necessidades, implicando que nenhum guarda-roupa se encontrará completo caso essas peças permaneçam em falta. Obviamente, essa afirmação é patentemente ridícula, uma vez que, a moda não se resume a uma coleção de discos ou DVDs. O “completismo” não é para aqui chamado. No entanto, se nos permite, sentimos a necessidade de questionar: o seu armário está completo sem um par de sapatos derby para homem?

Claro que não! Porquê? Simples. Atualmente, começamos a vestir-nos de forma mais causal, o que significa que as melhores peças são as versáteis, que podem mesmo ser cruzadas com qualquer tipo de guarda-roupa e sublimá-lo como certamente deseja. Os sapatos derby para homem encaixam como poucos nessa categoria. Quer manter um look informal, sem cair no desmazelo? Eles providenciar-lhe-ão um ar de sofisticação inconfundível. Prefere uma aparência mais séria? Eles vão relaxá-lo um pouco, sem lhe roubar nenhum do prestígio que lhe é inerente.

 

O que é um sapato derby?

Os sapatos derby são caracterizados cosidas à gáspea. Há quem os confunda com os Oxford, mas a grande diferença reside nas abas, que podem ser fechadas ou abertas. Nos Oxford, o espaço entre os furos é cosido no fundo do sapato, enquanto que num derby essas abas se abrem, quando os atacadores se encontram por atar.

 

Como usar sapatos derby masculino?

Enquanto que o modelo Oxford é aquele sapato que só vale mesmo a pena tirar do armário para eventos formais, o Derby é o tipo de sapato que serve qualquer circunstância. Precisa de algo que consiga acompanhar uns jeans? Experimente os seus sapatos derby para homem e veja os resultados. Mas, o que lhe dava jeito era algo que pudesse sublimar aquele fato que acabou de comprar? Felizmente, os sapatos derby da Carlos Santos Shoes também conseguem desempenhar essa tarefa!